Mineirão e Museu Brasileiro do Futebol

Desde a reforma do Mineirão, finalizada em 2012, o educativo do estádio permite que os visitantes tenham uma experiência completamente diferente da vivenciada nos dias de jogos, incluindo tour guiado aos bastidores do estádio e visita ao Museu Brasileiro do Futebol, que expõe a história do esporte em Belo Horizonte e no Brasil.

tour-mineirao-museu-brasileiro-futebol
Portão de acesso ao Museu Brasileiro do Futebol e ao Tour pelos bastidores do Mineirão

Ao comprar o ingresso da visita guiada aos bastidores do Mineirão os visitantes têm direito também de conhecer o Museu Brasileiro do Futebol. O ingresso é único e inclui as duas atividades.

O Museu Brasileiro do Futebol (MBF) está localizado nas dependências do Mineirão e o acervo é composto por objetos relacionados desde à época da construção e inauguração do estádio aos dias atuais.

As peças do museu estão distribuídas entre salas temáticas e descontraídas, seguindo uma ordem cronológica. Algumas destas salas permitem a interação dos visitantes com as obras, através de vídeos, jogos e totens interativos, por exemplo. Clique aqui para conferir o resumo de cada uma delas.

As primeiras salas do Museu Brasileiro do Futebol são dedicadas à história da construção de Belo Horizonte e do Mineirão, nome popular do Estádio Governador Magalhães Pinto. Construído na década de 1960, o empreendimento contou com a participação de engenheiros, arquitetos, políticos, operários, imprensa, entidades esportivas e população de Minas Gerais. O Mineirão foi considerado na época o segundo maior estádio de futebol do Brasil e do mundo. Atualmente, estas posições são ocupadas pelo Estádio Mané Garrincha, em Brasília, e pelo Salt Lake Stadium, na Índia. O Mineirão caiu para a quinta posição na lista dos maiores estádios brasileiros.

Na sala “Mineirão: Construção e Inauguração” estão expostos alguns itens da inauguração do estádio em 1965, como faixas, fotografias e placas de homenagens.

museu-brasileiro-futebol-mineirao-construcao-inauguracao
Fotos da comissão construtora de Belo Horizonte
museu-brasileiro-futebol-mineirao-construcao-inauguracao-2
Sala Mineirão: Construção e Inauguração
museu-brasileiro-futebol-mineirao-construcao-inauguracao
Faixa comemorativa, em lembrança da inauguração do Mineirão em 1965
museu-brasileiro-futebol-mineirao-construcao-inauguracao
Placas em homenagem à inauguração do Mineirão

As demais salas dedicam espaço aos jogos já realizados no estádio, inclusive, na “Sala das Fichas” estão expostas fichas de registros de aproximadamente 4 mil jogos disputados por lá, desde a inauguração até junho de 2010.

Já na sala “Mineirão em Atividade” há bandeiras doadas por times que jogaram no estádio, além de outros objetos dos primeiros anos de funcionamento do Mineirão.

museu-brasileiro-futebol-mineirao-sala-fichas
Sala das Fichas
museu-brasileiro-futebol-mineirao-atividade
Sala Mineirão em Atividade

Entre 2010 e 2012 o Mineirão passou por uma significativa reforma para se adequar aos padrões necessários para a realização dos jogos da Copa do Mundo FIFA de 2014 e, desde então, passou a ser administrado pela Minas Arena. As obras se estenderam por todas as dependências do estádio, incluindo a área externa, onde foi construída a Esplanada Mineirão, local utilizado para a realização de shows e eventos, além de permitir que o público pratique esportes. Skate, patins, bicicleta, corrida e caminhada são as modalidades mais praticadas. O processo de remodelação do estádio está documentado com fotos no Museu Brasileiro do Futebol, na sala “O Novo Mineirão”.

Na “Sala das Confederações” o visitante encontra uma maquete do novo Mineirão, além de camisas de seleções e imagens que relembram a Copa das Confederações FIFA de 2013, já que o estádio também sediou alguns jogos na ocasião.

museu-brasileiro-futebol-mineirao-sala-confederacoes
Sala das Confederações

As demais salas exploram o assunto futebol de uma forma geral, incluindo ainda dados históricos e curiosidades sobre o esporte. Na sala “ABC do Futebol” os visitantes conhecem as regras e expressões usadas no futebol, além de acompanhar a evolução do mesmo com o passar dos anos e na sala “Os Imortais do Futebol” são apresentadas biografias de algumas personalidades do futebol brasileiro, incluindo jogadores e técnicos.

museu-brasileiro-futebol-mineirao-abc-futebol
Sala ABC do Futebol
museu-brasileiro-futebol-mineirao-imortais-futebol
Sala Os Imortais do Futebol

A visita ao Museu Brasileiro do Futebol ocorre sem acompanhamento de guia do MBF, então os visitantes podem ficar bem à vontade para conferir todos os detalhes do local.

O tour guiado aos bastidores do Mineirão é realizado em grupos e na companhia de um educador do Museu Brasileiro do Futebol. O trajeto pelos bastidores do estádio tem duração aproximada de uma hora e pode sofrer alterações, caso tenha eventos e demais programações sendo realizadas no local. Mas, basicamente, os visitantes conhecem áreas restritas que são utilizadas por jogadores e imprensa nos dias de jogos.

No nosso tour aos bastidores do Mineirão, os principais locais que nós conhecemos foram o vestiário do time visitante, área de trabalho da imprensa, Mineirão Tribuna (uma área reservada, com vista privilegiada do gramado e com espaço de entretenimento em dias de jogos), áreas premium, arquibancadas, bancos dos jogadores reservas e um pedacinho restrito do gramado.

tour-mineirao-vestiario
Vestiário do time visitante
tour-mineirao-arquibancada
Vista do Mineirão a partir da arquibancada
tour-mineirao-banco-reservas
Banco dos jogadores reservas

Além destas áreas, tiramos fotos com dois itens decorativos da Copa do Mundo FIFA de 2014, a Brazuca e o Fuleco. Afinal, o Mineirão é um dos estádios brasileiros que sediaram os jogos da Copa do Mundo FIFA de 2014. Inclusive, foi o local da histórica derrota do Brasil para a Alemanha nas semifinais, conhecido como Mineiraço. Como esquecer o 7 x 1?!

tour-mineirao-brazuca
Brazuca, bola oficial da Copa do Mundo FIFA de 2014
tour-mineirao-fuleco
Fuleco, mascote da Copa do Mundo FIFA de 2014

Após visitar o Museu Brasileiro do Futebol e os bastidores do Mineirão minha dica é estender o passeio e caminhar pela Esplanada. Aproveite para fazer um lanche em uma das opções que tem por lá. Sugiro o Braga Pão de Queijo, que além de servir o pão de queijo da maneira tradicional, inovou nas receitas, oferecendo no cardápio a Coxinha de Pão de Queijo e a Pizza de Pão de Queijo. Tem post no blog sobre o Braga Pão de Queijo, clique aqui para conferir.

Visão geral do Mineirão e da esplanada

Apesar do futebol não ser um dos meus assuntos de preferência, gostei de conhecer o Mineirão desta maneira e recomendo a visita!

O Mineirão está localizado na Av. Coronel Oscar Paschoal, 932, Pampulha.

INFORMAÇÕES ÚTEIS – VISITA AOS BASTIDORES DO MINEIRÃO E MUSEU BRASILEIRO DO FUTEBOL

Confira os horários de funcionamento:

Terça-feira das 09h00 às 20h00, com permanência até às 21h00.

Quarta a sexta-feira das 09h00 às 17h00, com permanência até às 18h00.

Sábado e domingo das 09h00 às 13h00, com permanência até às 14h00.

O Museu Brasileiro do Futebol e as visitas ao estádio não funcionam em feriados.

Os valores dos ingressos são R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia).

Pagamento somente em dinheiro.

O ingresso é único e válido para os dois espaços (estádio e Museu Brasileiro do Futebol).

A bilheteria comercializa ingressos apenas para visitação no dia vigente.

Crianças até 3 anos e guias de turismo credenciados não pagam entrada.

Meia entrada para menores de 21 anos, estudantes, professores, maiores de 60 anos e pessoas com necessidades especiais.

Em dias de jogos e eventos, o MBF e as visitas ao Mineirão funcionam em horário diferenciado, podendo ser canceladas, conforme o caso.

Clique aqui para conferir os horários de funcionamento em dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo FIFA de 2018.

A visita ao Museu Brasileiro do Futebol ocorre sem o acompanhamento de educador.

As visitas ao estádio acontecem apenas com acompanhante de educador do Museu Brasileiro do Futebol.

As visitas ao estádio acontecem de hora em hora e têm capacidade máxima de 40 pessoas por horário.

Grupos acima de 10 pessoas deverão fazer agendamento prévio pelo telefone (31) 3499-4312, (31) 3499-4304 ou pelo e-mail: educativo@estadiomineirao.com.br.

Para visitas em grupos inferiores a 10 pessoas, basta se dirigir à recepção do museu e adquirir o ingresso para o dia vigente, mediante disponibilidade de ingressos.

As áreas do estádio destinadas às visitas podem sofrer alterações, devido a eventos no local.

As fotografias e filmagens não comerciais são liberadas, sem uso do flash.

Não é permitido entrar com bolsas, mochilas e similares no museu. No local há armários gratuitos, com chave, para os visitantes guardarem seus pertences pessoais.

Não é permitido fumar nas dependências do MBF e do estádio.

Não é permitido o consumo de alimentos e bebidas no interior do museu.

Acessibilidade para pessoas necessidades especiais.

Em dias que não há eventos no estádio, costuma ser bem tranquilo encontrar vagas na rua para estacionar. Já estacionamos na A. Presidente Carlos Luz, próximo à Escola de Veterinária da UFMG e na Av. Coronel Oscar Paschoal.

Para quem for por meio de ônibus do transporte público, os Pontos de Embarque e Desembarque mais próximos são:

Av. Presidente Carlos Luz, 4806 – Linhas: 64, 67, 503, 5102, S50 e S53.

Av. Coronel Oscar Paschoal, 862 – Linhas: 64, 67, 504, 506, 5102, S50, S53 e S54

Av. Antônio Abrahão Caram, 1001 – Linha: 5106, 64, 67 e S53.

*Clique nos endereços para ver as linhas, horários e itinerários.

 

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES – MINEIRÃO

A Esplanada do Mineirão recebe os visitantes diariamente de 07h00 às 22h00. O horário está sujeito a alterações devido a festas e eventos.

Confira aqui os próximos eventos a serem realizados no Mineirão.

O Mineirão adota medida sustentáveis na estrutura e nas ações, como o uso de energia solar, reaproveitamento de resíduos e de água da chuva. Clique aqui para mais informações.

O tradicional feirão de carros no Mineirão ocorre todos os domingos, das 06h00 às 13h00. Clique aqui para mais informações.

Acompanhe as novidades do Mineirão pelas redes sociais do Facebook, Instagram, Twitter e YouTube.

Para quem não sabe, eu cursei Engenharia Civil, e quando estava na faculdade, tive a oportunidade de fazer uma visita técnica ao Mineirão durante o período das obras. Veja abaixo uma das fotos do Mineirão ainda sem gramado, tirada em 2011.

mineirao-visita-obras
Visita técnica durante o período de obras do Mineirão, em 2011

 

*OBS 1: Visitamos o Mineirão e o Museu Brasileiro do Futebol em janeiro de 2017 e confirmamos as informações em junho de 2018. Tanto os dias e horários de funcionamento, quanto as exposições estão sujeitas a alterações.     

*OBS 2: Agradeço ao educativo do Estádio Mineirão pela colaboração para a escrita do post.           

 



Juliana Soares

Meu nome é Juliana e muitos me chamam de Juju ou Ju. Tenho 27 anos e moro em Belo Horizonte. Sou formada em Engenharia Civil, mas ainda não exerço a profissão. Apesar de eu ter escolhido a área de exatas, me destacava na faculdade nos momentos em que era preciso escrever textos. Gosto de conhecer lugares novos, experimentar novos pratos e sensações.

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.