The Black Beef

A primeira unidade do The Black Beef foi inaugurada em Maceió. Deco Sadigursky, o fundador da empresa, utilizou referências aos hambúrgueres de Nova Iorque e ao estilo casual food em seu negócio. Com o passar do tempo a burgueria foi conquistando mais clientes e interessados nas franquias e hoje já existem várias unidades pelo Brasil.

Em Belo Horizonte a primeira The Black Beef foi aberta ao público em abril, no Funcionários. O estabelecimento possui três andares e mesas distribuídas nas áreas interna e externa.

the_black_beef
The Black Beef Belo Horizonte

Os clientes fazem o pedido no caixa, realizam o pagamento, informam o nome ao atendente e aguardam. Quando o pedido estiver pronto, um dos atendentes chamará o cliente pelo nome através de um microfone. Então, é só ir ao balcão buscá-lo.

O cardápio está exposto na parede, ao lado esquerdo do caixa. Quando o restaurante está com muitos clientes fica meio complicado de ler o menu, pois a fila é formada em frente a ele.

Basicamente todos os hambúrgueres levam pão, carne e queijo, diferenciando nos molhos e tipos de carne. Os clientes podem personalizar os hambúrgueres acrescentando ingredientes por um custo extra, conforme suas preferências.

Pedimos um Triple Cheese (Pão artesanal, Burger artesanal bovino, parmesan cream, muçarela e creme de gorgonzola – R$18,00) com acréscimo de Cebola Caramelizada (R$2,00) e um Black Rib (Pão artesanal, burger artesanal de costela bovina, maionese especial TBB, muçarela, molho barbecue e bacon – R$20,00) com acréscimos de Cebola Caramelizada (R$2,00), Creme de Gorgonzola (R$2,00) e Parmesan Cream (R$2,00). Os hambúrgueres vieram caprichados de molhos e estavam muito saborosos.

the_black_beef_triple_cheese
Triple Cheese
the_black_beef_black_rib_milk_shake
Milk Shake de Oreo e Black Rib

Além dos hambúrgueres padrões do cardápio, o The Black Beef elabora um novo sabor sazonal a cada dois meses. O hambúrguer de maio e junho é o Mustard Relish (Burger de frango extra crispy, muçarela, parmesan cream e molho Mustard Relish do chef – R$24,00).  

Os hambúrgueres são artesanais e os preços são justos, entre R$15,00 e R$24,00. Porém, nenhum deles acompanha batatas fritas. Caso o cliente deseje, deverá acrescentar ao pedido. O The Black Beef possui três versões de batatas fritas: Crinkles Fries (Batata frita especial TBB – R$7,00), Cheddar’n Fries (Generosa porção de batatas fritas, cobertas de queijo cheddar e crispy de bacon – R$15,00) e Brie’n Fries (Generosa porção de batatas fritas, cobertas de queijo brie e geléia de pimenta com bacon – R$16,00). Nossa escolha foi a Cheddar n’ Fries. Compramos apenas uma e a porção é realmente generosa, dá para compartilhar.

As carnes utilizadas nos hambúrgueres do The Black Beef são moídas no mesmo dia do preparo e não são congeladas. Os demais ingredientes também são frescos, com preferência para os produtores locais. Clique aqui para mais informações.

the_black_beef
Informações The Black Beef

Em relação às bebidas os Milk-Shakes são o destaque. Os sabores disponíveis são: Oreo, Nutella, Ninho, Paçoca e Ovomaltine (R$14,00 / 500 ml cada). Experimentamos o de Oreo e estava ótimo!

Além dos Milk-Shakes o The Black Beef ainda oferece refrigerantes lata (R$5,00), água mineral (R$3,00), Ice Tea (R$5,00), chopp artesanal (R$12,00) e cervejas Eisenbahn long neck (R$8,00).

Até mesmo os animais de estimação possuem um prato especial no The Black Beef, o Doggy Ice Cream (Sorvete de baunilha com biscoito canino – R$6,00). O restaurante é pet friendly e aceita cachorros de pequeno porte na área interna e cachorros maiores apenas na área externa. A água é cortesia para os animais.

the_black_beef_pet
Ambiente petfriendly no The Black Beef

O The Black Beef ainda é novidade em Belo Horizonte. Fomos ao local em um domingo à noite e havia muitos clientes na casa. Apesar da fila de clientes no caixa e da espera para a entrega, os pedidos saiam a todo momento.

the_black_beef_fila
Fila para pedidos no The Black Beef

O The Black Beef em Belo Horizonte está localizado na Rua Fernandes Tourinho, 552, Funcionários.

Desde junho de 2018 uma nova unidade do The Black Beef foi inaugurada no Shopping Diamond Mall.

O The Black Beef também possui unidades em Brasília, São Paulo, Maceió, Uberlândia e Goiânia. Clique aqui para conferir os horários de funcionamento de cada uma delas. As próximas unidades serão inauguradas em Salvador, Ribeirão Preto, Curitiba, Aracaju, Gramado e Portugal.

INFORMAÇÕES ÚTEIS – THE BLACK BEEF

O The Black Beef recebe os clientes de domingo a quinta-feira das 11h30 às 23h30 e sexta-feira e sábado das 11h30 às 05h00.

Aceita pagamentos em dinheiro, cartões de débito, crédito e refeição.

Telefone para contato: (31) 3785-8133.

Ambiente pet friendly. Cachorros são permitidos e o local ainda disponibiliza água gratuita para eles.

Venda de canecas da marca The Black Beef (R$20,00 pequena) e (R$30,00 grande).

Possui estacionamento para clientes.

Acompanhe as novidades do The Black Beef pelo Instagram e Facebook

Para quem for ao The Black Beef por meio de ônibus do transporte público, os Pontos de Embarque e Desembarque mais próximos são:

Av. Getúlio Vargas, 1620 – Linhas: 1170, 2151, 4106, SC02A e SE02.

Av. Getúlio Vargas, 1657 – Linhas: 1170, 2150, 2151, 4106, 5102, 8108, 9103 e SC02B.

Rua Alagoas, 1463 – Linha: 8107.

Av. do Contorno, 6608 – Linhas: 1170, 2150, 2151, 4032, 4106, SC01A, SC01R, SC02A e SE02.

Av. do Contorno, 6777 – Linhas: 1170, 2150, 2151, 4106, 8108, SC01B, SC01R e SC02B.

Rua da Bahia, 2610 – Linhas: 5102, 8108 e 9103.

*Clique nos endereços para ver as linhas, horários e itinerários.

*OBS 1: Visitamos o The Black Beef em maio de 2018. O cardápio, os valores e os horários de funcionamento estão sujeitos a alterações. 

* OBS 2: As informações publicadas neste post são baseadas nas experiências da equipe do blog BH em Detalhes. O blog não é responsável por reservas, orçamentos, reclamações ou outras informações diretas ao estabelecimentos. 

 



Juliana Soares

Meu nome é Juliana e muitos me chamam de Juju ou Ju. Tenho 27 anos e moro em Belo Horizonte. Sou formada em Engenharia Civil, mas ainda não exerço a profissão. Apesar de eu ter escolhido a área de exatas, me destacava na faculdade nos momentos em que era preciso escrever textos. Gosto de conhecer lugares novos, experimentar novos pratos e sensações.

Comente!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.