CCBB – Mostra Entre Nós

Está em exposição no CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil), até o dia 02 de julho, com entrada franca, a mostra “Entre Nós – a figura humana do acervo do MASP”.

A mostra é composta por pinturas (a maioria utiliza a técnica de óleo sobre a tela), fotografias e esculturas de diversos artistas, entre eles nomes consagrados, como Pablo Picasso, Vincent von Gogh e Diego Rivera, que dividem espaço com outros artistas, entre eles, alguns brasileiros. As obras retratam a figura humana e fazem parte do acervo do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateuabriand (MASP), as quais já foram expostas no Rio de Janeiro, até o final de junho ficarão em Belo Horizonte e a última cidade a recebê-las será Brasília.

A exposição está dividida em cinco partes e reúnem obras criadas desde o século XIV ao século XXI. Algumas delas possuem ao lado, na descrição, um código QR, que ao ser visualizado por um app para smartphone de preferência do visitante, informa mais conteúdo, em áudio. Neste link estão disponíveis alguns dos áudios.

  • Núcleo 1 – Presenças

A figura humana é representada de forma religiosa, com referências à Jesus Cristo e santos.

ccbb-mostra-entre-nos-nucleo-1
São Sebastião na coluna, 1500-1510 – Pietro Perugino e ateliê
ccbb-mostra-entre-nos-nucleo-1
Virgem com o Menino Jesus, 1310-1320 – Maestro di San Martino alla Palma
  • Núcleo 2 – Retratos

Os personagens das obras estão posando para a pintura e é impressionante a riqueza dos detalhes, principalmente em relação aos olhos das pessoas retratadas. O olhar parece muito real.

ccbb-mostra-entre-nos-nucleo-2
Busto de homem (O atleta), 1909 – Pablo Picasso
ccbb-mostra-entre-nos-nucleo-2
Retrato da Condessa de Casa Flores, 1790-1797 – Francisco Goya y Lucientes
ccbb-mostra-entre-nos-nucleo-2
O menino, 1917 – Arthur Timótheo da Costa
ccbb-mostra-entre-nos-nucleo-2
A arlesiana, 1890 – Vicent van Gogh
  • Núcleo 3 – Corpos

Os corpos das figuras humanas são representados de diversas formas, nus, posados ou inseridos nos cenários que se quer retratar.

ccbb-mostra-entre-nos-nucleo-3
Esculturas Arabesques, Edgar Degas
  • Núcleo 4 – Ações

A figura humana é registrada nas ações do cotidiano, sejam elas individuais ou em grupos. Há cenas desde trabalhadores realizando suas atividades à uma representação de corpos amontoados e decepados simbolizando o resultado das ações da guerra.

ccbb-mostra-entre-nos-nucleo-4
O Carregador, 1944 – Diego Rivera
ccbb-mostra-entre-nos-nucleo-4
Guerra, 1942 – Lasar Segall
  • Núcleo 5 – Simultaneidades

Reúne obras mais recentes e a maioria delas são fotografias, representando a forma atual de se capturar e documentar registros da figura humana. Há fotografias em preto e branco e outras em cores mais vibrantes, realçando o contraste entre o personagem e o ambiente.

ccbb-mostra-entre-nos-nucleo-5
Fotografias Bárbara Wagner

A visita completa tem duração de uma hora e nos corredores que dão acesso aos núcleos da exposição, há toaletes e bebedouros.

O CCBB faz parte do Circuito Liberdade e esta é uma boa oportunidade para visitar o interior da edificação e conhecer os detalhes da sua arquitetura. Porém, uma oportunidade que você não pode deixar passar é a de ver a mostra “Entre Nós – a figura humana do acervo do MASP”.

ccbb-mostra-entre-nos-arquitetura
Escadaria principal do CCBB

Minha família e eu adoramos conhecer de perto estas obras tão importantes e tenho certeza que você também irá gostar! Aproveite!

Informações úteis:

O CCBB está localizado na Praça da Liberdade, 450, Funcionários e abre ao público de quarta à segunda, das 9h00 às 21h00 e a exposição iniciou em 26/04/2017 e o término será em 02/07/2017.

A exposição tem entrada franca, mas é necessário retirar o ingresso na bilheteria ou solicitar com antecedência através do site www.eventim.com.br. Cada usuário pode resgatar quatro ingressos pelo site. As visitas são em grupos, o primeiro horário é às 09h30 e o último às 19h30. A duração é de uma hora.

A mostra ocorre no terceiro piso da edificação e há elevadores, então a considero acessível às pessoas PNE.

Não é permitido comer ou beber durante a visita. Fotos só são permitidas sem o uso do flash e é proibido fazer gravações.

Para estacionar, eu prefiro as ruas próximas à Praça da Liberdade, pois como a praça é um dos principais pontos de encontro/turísticos/eventos da capital, as vagas ao redor dela são disputadas e nem sempre permitidas, a depender do horário e evento em questão.

A Praça da Liberdade é de fácil acesso por meio de ônibus do transporte coletivo e os Pontos de Embarque e Desembarque mais próximos são esses:

*Clique nos endereços para ver as linhas, horários e itinerários.

Praça da Liberdade, 150

Praça da Liberdade ,153

Avenida Brasil, 1896

Avenida Brasil, 2023

Avenida Cristóvão Colombo, 666

Avenida Cristóvão Colombo, 629

Avenida Bias Fortes, 21

Avenida Bias Fortes, 174

Avenida João Pinheiro, 607

Avenida João Pinheiro, 547

Avenida João Pinheiro, 450

Rua da Bahia, 1900

Juliana Soares

Meu nome é Juliana e muitos me chamam de Juju ou Ju. Tenho 26 anos e moro em Belo Horizonte. Sou formada em Engenharia Civil, mas ainda não exerço a profissão. Apesar de eu ter escolhido a área de exatas, me destacava na faculdade nos momentos em que era preciso escrever textos. Gosto de conhecer lugares novos, experimentar novos pratos e sensações.

Comente!